Raio X mostra tiros de arma de pressão em orangotango


Fêmea foi resgatada na Indonésia e operada para retirar 32 dos 104 projéteis alojados no corpo, diz fundação

Imagem de raio-x mostra pontos na cabeça de orangotango fêmea atingidos por tiros de arma de pressão. O animal foi resgatado no final de outubro em uma plantação na Ilha de Bornéu, região da Indonésia, segundo a organização britânica Orangutan FoundationDivulgação/Orangutan Foundation

Raio-x mostra marcas de tiros no tórax da fêmea de orangotango, batizada de Aan. O animal foi submetido a uma cirurgia de três horas que retirou 32 dos 104 projéteis em seu corpo. A operação foi bem-sucedida, segundo a Orangutan FoundationDivulgação/Orangutan Foundation

Imagem mostra marcas de projéteis alojados no braço esquerdo da orangotango resgatada em uma plantação na Ilha de Bornéu, região da IndonésiaDivulgação/Orangutan Foundation

Anestesiada, Aan é examinada após o resgate. Segundo veterinários, mesmo após a longa cirurgia, o animal demonstrou grande resistência e vem se recuperando bemDivulgação/Orangutan Foundation

Orangotango é examinada por funcionários da fundação britânica. Pode ser necessário retirar mais projéteis do corpo de Aan, além dos 32 removidos por cirurgia, dizem veterináriosDivulgação/Orangutan Foundation

Animal recebeu tiros de arma de pressão no rosto e acabou cego, diz a Orangutan Foundation. Sua história pode ajudar a entender como os orangotangos sobrevivem à perda do habitat natural, segundo a fundaçãoDivulgação/Orangutan Foundation

Funcionários da fundação britânica que atuaram no resgate constataram que o orangotango havia perdido a visão do olho esquerdo e que perdia a visão no olho direito pouco a pouco, devido aos tiros de arma de pressão recebidos no rostoDivulgação/Orangutan Foundation

Orangotango Aan está sendo mantida em cativeiro. Os veterinários que a trataram dizem que estão prontos para realizar uma nova cirurgia de retirada de projéteis, caso seja necessárioDivulgação/Orangutan Foundation

Orangotango Aan, momentos antes de ser resgatada pela fundação. Tratadores dizem ser pouco provável que ela volte a ser libertada na natureza, devido ao risco de vida. Ela está sendo mantida em cativeiroDivulgação/Orangutan Foundation

Fonte: G1

About these ads

Deja un comentario

Introduce tus datos o haz clic en un icono para iniciar sesión:

Logo de WordPress.com

Estás comentando usando tu cuenta de WordPress.com. Cerrar sesión / Cambiar )

Imagen de Twitter

Estás comentando usando tu cuenta de Twitter. Cerrar sesión / Cambiar )

Foto de Facebook

Estás comentando usando tu cuenta de Facebook. Cerrar sesión / Cambiar )

Google+ photo

Estás comentando usando tu cuenta de Google+. Cerrar sesión / Cambiar )

Conectando a %s